O que mudou no meu orçamento com a restituição do IR

184
O que mudou no meu orçamento com a restituição do IR

Em julho, continuamos economizando e investindo. Conseguimos renda extra com a restituição de imposto, suficiente para atenuar outras quedas na receita.

Tudo isso aliado a um ótimo controle dos gastos, apesar do aumento por conta da viagem de 15 dias que fizemos em julho. Mesmo assim, conseguimos poupar muito =D

Abaixo, você confere tudo isso em detalhes e aprende a monitorar tudo o que é importante dentro do seu orçamento. Saiba mais sobre a Jornada da Riqueza.

Receitas

Em julho, houve um aumento de apenas 3,50% em relação ao mesmo período do ano passado.

Recebi a restituição de imposto de renda nesse mês, enquanto no ano passado foi em agosto. Essa renda extra serviu para compensar a queda na renda com investimentos e no faturamento do consultório odontológico da minha esposa (passamos metade de julho viajando).

Olhando apenas para a renda passiva, que não depende do nosso trabalho e é o que mais importa para a aposentadoria, houve uma redução de 76,81% quando comparado com o mesmo período do ano passado. Os juros da renda fixa que receberia em junho e julho ficaram para agosto, o que contribuiu para diminuir o resultado deste mês e alavancará o resultado do próximo. Junto a isso, teve menos pagamentos de proventos pelas empresas listadas por conta da pandemia do Coronavírus. Com esse resultado, o total de renda passiva acumulada em 2020 ficou em R$ 3.447,43.

Segue abaixo gráfico atualizado com os proventos distribuídos desde 2017:

Com as negociações na bolsa de valores, dessa vez tive perdas de R$ 407,31. Decidi realizar a venda de parte das minhas ações da resseguradora IRB Brasil, por conta da possível baixa no preço tendendo ao preço de subscrição. No artigo especifico da minha carteira de investimentos detalharei o assunto.

A renda com negociações é mais volátil e depende da mudança no racional sobre o investimento ou se acredito que algum dos meus ativos está sobrevalorizado.

Despesas

Ao comparar os meses de junho e julho, houve um aumento de 18,72%.

Com a restituição de imposto de renda e um bom controle de gastos, conseguimos poupar bastante, 42,95% do total =D

Comparado a junho, tivemos aumento de 67,30% com saúde porque fiz uma bateria de exames oftalmológicos. Também tivemos aumento de 178,29% com Transporte, porque acabei trocando a bateria do carro e a película traseira, que estragou.

Com lazer, gastamos bem mais, porque realizamos uma viagem de 15 dias para Santa Catarina, para visitar parentes por parte da minha esposa. Por causa da pandemia, os preços das passagens estavam bem em conta, cerca de 30% abaixo do que costumamos gastar nesse trecho. A maior parte dos gastos foi pago agora em julho, mas uma parte ficou para os meses seguintes.

E com habitação gastamos 12,84% a menos, mês passado gastamos mais porque compramos uma bolsa de transporte para levar nosso cão na viagem. Agora as despesas voltam ao ‘normal’ para a categoria.

Orçamento

Tivemos mais um mês com uma forte poupança, e já ultrapassamos o esperado para o ano inteiro. Por causa da extensão do período de isolamento social, três categorias estão bem abaixo da previsão: educação, transporte e vestuário. Os gastos com educação reduziram pois não há aulas presenciais. Com transporte, ando trabalhando home office e praticamente não estou utilizando o carro. E com vestuário tivemos drástica redução poque não é possível provar as roupas, comércio fechado na maior parte do tempo e necessidade bem menor, visto que praticamente estamos em casa o tempo inteiro. Essas categorias devem passar por ajuste na próxima revisão do orçamento, prevista para agosto.

As demais categorias seguem dentro da previsão e, se tiverem ajustes, devem ser bem pequenos.

A pandemia continua de forma dinâmica, flexibilizando e restringindo atividades conforme necessidade, isso tudo reflete no orçamento, visto que fica difícil planejar quando estaremos de volta à normalidade. Enquanto isso, vamos poupando e enriquecendo bastante.

É isso, Poupadores e Poupadoras! Conta aí pra gente, como anda suas finanças? Comente aqui embaixo.