Confira essas dicas e saiba como ser rico de verdade

422
Confira essas dicas e saiba como ser rico de verdade

Olá Poupadores, hoje quero falar com vocês sobre algo que aprendi há alguns anos e finalmente me colocou na direção da riqueza.

Por muitos anos da minha vida trabalhei duro, acreditando ser suficiente para prosperar financeiramente. O resultado é que eu não saia do lugar.

Estive preso em um ciclo no qual eu trabalhava muito, ganhava algum dinheiro, pagava inúmeras contas, terminava o mês sem dinheiro nenhum e no mês seguinte tudo começava novamente. Qualquer semelhança não é mera coincidência.

Esse ciclo, por conta daquela rodinha em que os ratos correm o dia inteiro, mas não saem do lugar, ficou conhecido no mundo financeiro como “corrida dos ratos”.

Minha vida era assim até que, por volta de 2014, tudo mudou. Lendo o livro do Robert Kiyosaki, autor do best seller “Pai Rico, Pai Pobre”, me deparei com o conceito de “Pague-se primeiro” e percebi que estava fazendo tudo ao contrário.

Não enriquecia porque primeiro pagava aos outros e, se por ventura sobrasse algo, me pagava. E advinha, por ironia do destino, quase nunca sobrava nada.

No conceito “Pague-se primeiro”, o raciocínio é totalmente o contrário. Ao receber seu salário, você primeiro separa uma parte para você, para seus investimentos, e paga os outros com o que sobrar.

Antes de saber sobre isso, não importava o quanto trabalhasse, não adiantava, parecia que estava remando contra a correnteza.

Não era uma questão de perseverança, era uma questão de perspectiva.

É incrível como o simples fato de inverter a ordem sobre quem pagar primeiro traz uma grande melhora nos resultados. Veja só o crescimento do meu patrimônio nos últimos 3 anos:

Crescimento do meu patrimônio nos últimos 3 anos

Existem variações por conta de boa parte do meu dinheiro estar investido em renda variável, independente disso, a tendência de alta é clara.

É claro que você não muda tudo o que estava fazendo de errado de uma hora para outra. No início me pagava muito mal, apenas 1%. Aos poucos fui “me pagando” melhor e isso melhorou minhas finanças num efeito cascata.

Se antes vivia com 100% do que ganhava, tive que aprender a viver com 99%, depois 98%, 97% e até menos que 90%. Isso me obrigou, com o passar do tempo, a mudar meus péssimos hábitos financeiros para bons hábitos financeiros.

Cartões de créditos que eram essenciais e viviam lotados começaram a ficar praticamente sem uso. Despesas ‘imprevisíveis’ passaram a ser previsíveis. Surgiu uma despesa emergencial? Tudo tranquilo, agora tinha reserva de emergência. Só para citar alguns benefícios.

“Pague-se primeiro” foi como uma bola de neve na minha vida financeira. Se antes parecia que vivia para pagar contas, agora tenho minha vida financeira sob controle e ser rico é uma questão de tempo. E o melhor é que o processo funciona para qualquer um, independente da renda.

É isso, Poupador, espero que esse artigo possa te fazer refletir e mudar o rumo da sua vida financeira para outro patamar, em direção à riqueza. E não se esqueça de compartilhar o artigo e levar esse conteúdo enriquecedor para mais pessoas.

Dúvidas? Deixem um comentário.