Acompanhe as mudanças na minha carteira e saiba como eu me planejo financeiramente

152

Em setembro, continuamos eficientes com nossos gastos, sobrando mais dinheiro para investir. Consegui poupar 53,89% do que ganhei, terceiro melhor mês do ano.

Quando comparado com setembro do ano passado, houve uma queda na renda por conta de ganhos menores com os investimentos e por Participação nos lucros e resultados (PLR) menores.

Já as despesas, quando comparo agosto e setembro, ficaram estáveis. Embora os gastos em várias categorias tenham divergido.

Abaixo, você confere tudo isso em detalhes e aprende a monitorar tudo o que é importante dentro do seu orçamento. Saiba mais sobre a Jornada da Riqueza.

Receitas

Em setembro, houve uma queda de 27,37% em relação ao mesmo período do ano passado.

A maior parte é explicada pela redução dos ganhos com investimentos (R$ 6.155,22 contra R$ 1.015,48) junto com a Participação nos lucros e resultados (PLR), que foram bem maiores. Tudo isso levemente compensado pelas receitas 33,33% maiores do consultório odontológico da minha esposa.

Todavia, olhando exclusivamente para a renda passiva, em setembro recebi R$ 757,13, um aumento de 253,51% quando comparado com o mesmo período do ano passado. Segue abaixo gráfico atualizado com os proventos distribuídos desde 2017:

Realizei apenas uma venda na bolsa de valores, que gerou lucro de R$ 258,35. No mesmo período do ano passado, esse rendimento foi de R$ 5.941,05. Houve uma redução de 95,65%. A renda com negociações é mais volátil e depende da mudança no racional sobre o investimento ou se acredito que algum dos meus ativos está sobrevalorizado.

Despesas

Ao comparar os meses de agosto e setembro, houve aumento de apenas 0,17%.

A poupança foi o ponto forte do mês, 53,90% do total foi poupado, bem acima dos 17,61% do mês anterior. Isso foi possível por conta das rendas extras do mês, como por exemplo a PLR. Poupar é essencial para enriquecer e significa abrir mão do presente por um futuro ainda melhor. Esse é um dos grandes motivos de meu patrimônio aumentar praticamente mês a mês.

Com relação a agosto, gastei mais com Educação (+70,16%), Cuidados Pessoais (+145,07%), Lazer (+37,36%) e Habitação (+7,97%). Na educação por causa da compra de dois livros técnicos da área de odontologia, que custaram R$ 720,00. Na verdade paguei R$ 717,24 porque economizei R$ 2,76 antecipando o pagamento. Em breve escreverei sobre isso.

Com Cuidados Pessoais, principalmente, pela despesa extra com o corte e cuidados capilares do cabelo da minha esposa. Em Lazer, pelas comemorações de nossos aniversários, ambos em setembro.

E, com habitação, principalmente, pela antecipação do pagamento da nossa TV que compramos na Black Friday do ano passado e tínhamos parcelado em 12x.

Já olhando para as reduções de despesas, as maiores foram nas categorias ‘Outros’ (-84,73%), Saúde (-56,95%) e Transportes (-28,27%).

Na categoria ‘Outros’ praticamente não tivemos gastos, a redução foi porque em agosto pagamos as mensalidades de agosto e setembro do condomínio do consultório da minha esposa, deixando setembro livre dessa despesa.    

Com saúde, tivemos apenas as despesas fixas do plano de saúde e gastos com remédio contra pulgas e carrapatos para nosso cão. O remédio é de uso trimestral, porém apareceu uma oferta com 20% de desconto, compramos dois para uso nos próximos seis meses. No fim das contas foi como se tivéssemos encontrado um investimento com retorno garantido de 20% em três meses. Quando oportunidades assim surgem, não tem porquê ficar de fora.

Em transporte, a redução ocorreu porque no mês anterior tivemos gasto extra com as taxas da renovação da habilitação de minha esposa. Restam ainda as taxas medicas que serão pagas em outubro.

Orçamento

Embora o orçamento tenha sido revisado no mês passado, algumas categorias seguem com despesas abaixo do previsto e isso, junto com renda extra, contribuiu para a poupança já estar acima do previsto.

Finalmente as aulas da especialização da minha esposa já têm data para voltar e isso trará mais previsibilidade na próxima revisão do orçamento. Ela será realizada no próximo mês e provavelmente será a última para este ano.

Enquanto isso, vamos poupando e em direção a riqueza.

É isso, Poupadores e Poupadoras! Conta aí pra gente, como andam suas finanças? Comente aqui embaixo.