Quando as metas são superadas

0

Olá, Poupadores! Venho trazer a vocês a evolução do meu patrimônio no mês de outubro.

Subi mais um degrau para o milhão, meu patrimônio líquido aumentou 1,41% e, com isso, meu resultado acumulado está em 37,78%, bem acima da meta, de 25%. Meta do ano cumprida, pois, não vejo como ficar abaixo disso faltando apenas dois meses para terminar esse ano.

Saiba mais sobre o que é a Jornada da Riqueza e como medir sua riqueza. A seguir, você confere como estão os indicadores monitorados de enriquecimento e o resultado do mês em detalhes.

Taxa de Ativos Geradores de Renda

Este indicador mostra, em percentual, quanto o seu dinheiro está trabalhando para você. Quanto maior o percentual, melhor.

O indicador teve nova alta, isso aconteceu porque reinvesti o dinheiro recebido no início do mês.  Isso acontece porque, ao realizar vendas na bolsa de valores, demora dois dias úteis para o dinheiro cair na conta e como fiz vendas nos últimos dias de setembro, só pude realizar os investimentos em outubro.

Taxa de Endividamento

Este indicador é dado pela soma total de passivos dividida pela soma total de ativos. Ele é responsável por mostrar como o seu aumento patrimonial está sendo financiado: com dinheiro próprio ou através de empréstimos de bancos, financeiras, cartões, etc. Saiba mais sobre a taxa de endividamento.

O indicador sofreu uma queda, dessa vez pelo menor consumo e pela antecipação de algumas contas. É provável que próximo mês tenha mais uma redução.

Taxa da Riqueza

Esse indicador serve como um termômetro da independência financeira. Ou seja, viver apenas do rendimento dos meus investimentos. É preciso prestar bastante atenção a este indicador caso você deseje viver somente de rendimentos.

O indicador mais uma vez voltou a melhorar, dessa vez de forma acelerada, graças à venda das ações de Ecorodovias e Hapvida, que me renderam bastante lucro, 65% e 130% respectivamente.

Patrimônio Líquido

O Patrimônio Líquido teve mais um aumento, de 1,41%. Esse resultado é explicado, principalmente, pela renda extra com o consultório odontológico da minha esposa, pelo rendimento dos investimentos e pelo menor consumo.

Esse foi mais um bom resultado, o destaque fica por conta dos grandes lucros (mais de R$2mil) com as vendas, principalmente, de Ecorodovias e Hapvida. Também vendi um antigo computador que estava sem uso, contribuindo com R$ 400,00. Além da renda da minha esposa, que foi quase 40% maior do que em setembro.

Seguimos gastando nosso dinheiro de forma eficiente, nos preparando para o futuro sem abrir mão do presente. Isto é poupar o suficiente para ter uma boa aposentadoria e também para os nossos desejos de curto prazo, como viajar (estamos quase fechando nossa viagem para o Chile), comprar nossos gadgets e tudo mais para deixar nossa vida mais confortável.

O resultado acumulado até aqui é de 37,87% e me coloca em uma situação bem confortável em relação à meta de 25%.

Agora faltam apenas dois meses para terminarmos o ano e me parece pouco provável que meu patrimônio venha a se reduzir e ficar abaixo dos 25% de aumento, até porque diminui a exposição em renda variável, então, mesmo se houver oscilação negativa, o impacto será menor.

Mas não é porque a meta deste ano está batida que vamos relaxar, quem sabe não dá pra chegar nos 40% =D.

E você, também está enriquecendo? Conta pra gente. É isso Poupadores, até a próxima!