O mês do Halloween foi um pouco nebuloso para a bolsa

100
O mês do Halloween foi um pouco nebuloso para a bolsa

Olá, Poupadores e Poupadoras! Venho atualizar vocês sobre a evolução do meu patrimônio no mês de outubro e analisar o cenário econômico em que nos encontramos.

O resultado voltou a ser negativo, – 1,31%, e mais um mês de queda na bolsa de valores (-0,69%).

Terceiro mês consecutivo de queda na bolsa e o cenário ainda é nebuloso, ainda mais por conta das eleições americanas e de uma segunda onda do coronavírus.

Apesar de tudo isso, os princípios para ficar rico seguem firmes e fortes.

A seguir, você confere como estão os indicadores de enriquecimento e o resultado do mês em detalhes. Saiba mais sobre o que é a Jornada da Riqueza e como medir sua riqueza.

Taxa de Ativos Geradores de Renda

Este indicador mostra, em percentual, quanto o seu dinheiro está trabalhando para você. Quanto maior o percentual, melhor.

Houve queda no indicador, de 72,02% para 71,01%. Tivemos o terceiro mês consecutivo de queda na bolsa de valores, que refletiu na minha carteira de investimentos e diminuiu o total investido. A poupança e mais investimento foi suficiente apenas para atenuar o impacto da queda.

Taxa de Endividamento

Este indicador é dado pela soma total de passivos dividida pela soma total de ativos. Ele é responsável por mostrar como o seu aumento patrimonial está sendo financiado: com dinheiro próprio ou através de empréstimos de bancos, financeiras, cartões, etc. Saiba mais sobre a taxa de endividamento.

Depois da alta histórica, a taxa mais uma vez reduziu, e agora se encontra em patamares abaixo da média. A queda aconteceu por causa do pagamento regular do cartão de crédito, além da antecipação de muitas compras. No curto prazo, segue a tendência de queda e deve terminar o ano abaixo de 3%.

Taxa da Riqueza

Este indicador serve como um termômetro da independência financeira. Ou seja, viver apenas do rendimento dos meus investimentos. É preciso prestar bastante atenção a este indicador caso você deseje viver somente de rendimentos. A partir de março de 2020, o período de comparação foi estendido para 24 meses.

Houve um leve aumento, de 20,30% para 20,49%. Em outubro liquidei a posição de um dos meus ativos em bolsa, o que me fez auferir lucros e contribuir para esse aumento. Por outro lado, houve um aumento de 1,66% no padrão de vida, o que faz com que eu precise de mais dinheiro da renda passiva para aposentadoria.

Depreciação

Também faço a depreciação mensal de boa parte dos meus bens, pelo menos dos que têm algum valor. A depreciação, em resumo, é o custo do uso do bem ao longo do tempo. Saiba mais sobre depreciação. Quanto menor o valor, melhor, pois preciso gastar menos dinheiro para manter o mesmo padrão de vida.

Em outubro a depreciação permaneceu em um patamar e teve esse resultado, principalmente pela valorização do nosso carro. Este é o segundo mês em que nosso carro valoriza, provavelmente por causa do aumento dos carros novos e pela menor oferta de carros usados.

Patrimônio Líquido

Meu Patrimônio Líquido (descontadas as dívidas) diminuiu 1,31% e, no acumulado do ano, o resultado continua positivo, em 2,03%. Porém, bem abaixo da meta de alta 12,5%.

Em outubro, a expectativa de queda do índice Bovespa, que funciona como um termômetro da bolsa de valores, continuou e caiu mais 0,69%. Durante outubro a bolsa vinha em crescimento semana após semana, até que chegou a última semana e devolveu todo o ganho do mês. 

Segundo as notícias, os vilões no cenário exterior seriam a segunda onda de coronavírus na Europa e as eleições presidenciais americanas. Do lado interno, o cenário político brasileiro segue parado até o fim das eleições municipais e a reposta para o problema fiscal do país só será respondida depois disso.

Muitos têm falado em segunda onda do coronavírus no Brasil, particularmente acho pouco provável, dado que nem podemos afirmar que tivemos o fim sequer da primeira. O que temos de fato é que a média de números de mortes por aqui começou a cair desde agosto até o momento, embora em uma velocidade bastante lenta.

Sou otimista e acredito que venceremos essa batalha, mais cedo ou mais tarde. Por isso, apesar da queda da bolsa, aproveitei para comprar mais ações. E quando as empresas começarem a lucrar como antes, vou ter um retorno maior, visto que tenho mais ações.

Estamos a dois meses de finalizar o ano e vou manter a meta de aumento de 12,50% no patrimônio líquido, apenas das incertezas e da dificuldade. Será necessário um aumento de quase 5% por dois meses seguidos, apesar de difícil não é impossível.

Enquanto isso, vou seguir com fórmula da riqueza: poupar e investir.

Acompanhem-nos pelo instagram para ficar por dentro do mundo dos investimentos e conferir muitas dicas para fazer o seu dinheiro trabalhar para você.

É isso, Poupadores e Poupadoras, até a próxima!