Loterias: prefira não contar com a sorte

146

Olá Poupadores, o final do ano está chegando e as pessoas já começam a pensar em intensificar a jogatina na loteria para, quem sabe, ganhar algo e começar o próximo ano com a bola toda.

Recentemente um colega de trabalho me perguntou se eu jogava na loteria e minha resposta foi direta: “Não”. Ele perguntou o por quê e respondi que “as chances estão contra mim”. Como ele me conhece, já imaginava a resposta, queria apenas ter certeza.

Esse meu colega acabara de tomar a decisão de sair de um bolão do qual ele participava há anos, até o momento muito prejuízo e nada de lucro. Acredito que ele tenha tomado uma boa decisão, afinal as chances de ganhar são mínimas.

Além disso, as pessoas costumam jogar pois imaginam que só vão realizar seus sonhos se conseguirem um grande prêmio, mas isso não é verdade. Direcionam isso para a maioria dos sonhos citados nessa reportagem, como viajar, comprar casa, ajudar a família, doações, entre outros.

Imagine que você aposta R$ 50,00 reais por mês, aparentemente um dinheiro que não fará falta, é “apenas” uma fezinha. Entretanto, nenhuma quantia costuma ser pouca quando entra na jogada nosso querido juros compostos aliado com seu melhor amigo, o tempo.

Esses R$ 50,00 reais investidos a uma taxa de apenas 0,50% ao mês ao longo de 30 anos geraria uma quantia de R$ 50.225,75. E o que acontece se elevarmos o tempo para 40 anos? O valor salta para R$ 99.574,54. Ambas as quantias são consideráveis para realizar a maioria dos sonhos acima.

E se você conseguir uma rentabilidade só um pouquinho melhor, digamos de 0,60% ao mês, o que acontece? Em 40 anos serão R$ 138.846,90.

Para fazer todas essas contas você pode utilizar essa calculadora de juros compostos.

E aqui não estávamos falando de chances de ter essa quantia, é uma certeza. Já para 99,9999% (e dá pra pôr mais 9) dos que apostam, há a certeza de esperar vencer na próxima vez. Afinal quantas pessoas você conhece que ganharam uma quantia muito significativa?

Mas sabe quem com certeza ganha o prêmio da loteria? O Governo e os administradores dos jogos, cerca de 2/3 ficam para eles e apenas 1/3 para a premiação.

Imagine que 10 pessoas fazem uma aposta, cada uma aposta R$ 10, o prêmio seria de R$ 100, certo? Errado, seria de apenas R$ 32,20, os outros R$ 67,80 vão pro governo.

E além de ser um péssimo negócio, temos que ter cuidado com o vício, nesse caso poderá consumir todo seu dinheiro e te fazer pobre para sempre. Se você é uma pessoa controlada e joga em momentos pontuais, apenas para diversão mesmo, não vejo nenhum problema.

Se você quer ter sucesso na sua vida e atingir seus objetivos, meu conselho é: tente sempre fazer as chances serem favoráveis a você e esse não é e nunca será o caso da loteria.

E aí, o que achou dessa artigo? Você é um apostador? Já ganhou alguma vez? Queremos te ouvir, então deixa um comentário.